Pensamentos

Janeiro 13 2010

 

A gente se acostuma a medir a vida em dias, meses, anos... Mas será que é mesmo o tempo que mede a nossa vida? Ou a gente devia contar a vida pelo número de sorrisos? De abraços? De conquistas? Amores? E, porque não fracassos também? Por que ao invés de dizer tenho tantos anos, a gente não diz: Tenho três amigos, oito paixões, quatro tristezas, três grandes amores e dezenas de prazeres? A gente vai vivendo e, às vezes, esquece que a vida não é o tempo que a gente passa nela mas, o que a gente faz e sente enquanto o tempo vai passando. Dizem que a vida é curta, mas isso não é verdade. A vida é longa prá quem consegue viver pequenas felicidades. E, essa tal felicidade vive aí disfarçada, como uma criança traquina brincando de esconde-esconde. Infelizmente, às vezes não percebemos isso e passamos a nossa existência colecionando “nãos”. A viagem que não fizemos; O presente que não demos; A festa a qual não fomos. A vida é mais emocionante quando se é ator e não espectador. Quando se é piloto e não passageiro; Pássaro e não paisagem. Como ela é feita de instantes não pode e não deve ser medida em dias ou meses mas, em minutos e segundos. A vida é agora! Viva a Vida!

publicado por pensamentoslucena às 11:08
Tags:

Janeiro 13 2010

 

Quando amar, ame o mais profundo que puder... Quando falar, fale o que for realmente necessário... Quando sorrir, procure sorrir com os olhos também... Quando inventar algo, procure pensar nas pessoas que estará ajudando com seu invento... Quando pensar em desistir, lembre-se da luta que foi começar, e não desista! Quando quiser se declarar a alguém, faça isso sem medo do que esta pessoa pensará de você... Quando sonhar, sonhe bem alto, bem longe.... Quando for partir, não diga "adeus", diga que tudo foi maravilhoso... Quando abraçar um amigo, abraçe-o com todo carinho e lembre desse abraço por toda vida! Quando precisar de ajuda, não se envergonhe em pedir socorro, sua humildade vale a vitória... Quando sentir raiva de alguém, peça luz em oração para esta pessoa... Quando tentar algo de novo na vida, tente pra valer, mude, arrisque-se, viva intensamente...

publicado por pensamentoslucena às 11:05

Janeiro 13 2010

 

Precisa-se de loucos De loucos uns pelos outros! Que em seus surtos de loucura tenham habilidades suficientes para agir como treinadores de um mundo melhor. Que olhem a ética, o respeito às pessoas e a responsabilidade social não apenas como princípios organizacionais, mas como verdadeiros compromissos com o Universo. Precisa-se de loucos de paixão. Não só pelo trabalho, mas principalmente por gente, que vejam em cada ser humano o reflexo de si mesmo, trabalhando para que velhas competências dêem lugar ao brilho no olhar e a comportamentos humanizados. Precisa-se de loucos de coragem para aplicar a diversidade em suas fileiras de trabalho, promovendo igualdade de condições sem reservas, onde as minorias possam ter seu lugar, em um ambiente de satisfação e crescimento pessoal, independente do tamanho do negócio,segmento ou origem do capital. Precisa-se de loucos visionários que, além da prospecção de cenários futuros, possam assegurar um novo amanhã, criando estratégias de negócios que estejam intrinsecamente ligadas à felicidade das pessoas. Primeiro a gente é feliz, depois a gente faz sucesso, não se pode inverter esta ordem. Precisa-se de loucos pelo desconhecido que caminhem na contramão da história, ouvindo menos o que os gurus tem a dizer sobre mobilidade de capitais,tecnologia ou eficiência gerencial e ouvindo mais seus próprios corações. Precisa-se de loucos poliglotas que não falem inglês, espanhol, francês ou italiano, mas que falem a língua universal do amor, do amor que transforma, modifica e melhora. Palavras não transformam empresas e sim atitudes. Precisa-se simplesmente de loucos de amor. De amor que transcende toda a hierarquia, que quebra paradigmas; Amor que cada ser humano deve despertar e desenvolver dentro de si e pôr a serviço da vida própria e alheia; Amor cheio de energia, amor do diálogo e da compreensão, amor partilhado e divino, do jeito que Deus gosta. As organizações precisam urgentemente de loucos, capazes de implantar novos modelos de gestão, essencialmente focados no SER, sem receios de serem chamados de insanos, que saibam que a felicidade consiste em realizar as grandes verdades e não somente em ouvi-las… Ou resgatamos a inocência perdida ou teremos que desistir de vez da condição de HUMANOS. Qual vai ser a sua atitude?

publicado por pensamentoslucena às 10:32

Janeiro 13 2010

 

Atire a primeira flor Quando tudo for pedra... atire a primeira flor. Quando tudo parecer caminhar errado, seja você a tentar o primeiro passo certo. Se tudo parecer escuro, se nada puder ser visto, acenda você a primeira luz. Quando todos estiverem chorando, tente você o primeiro sorriso. Talvez não na forma de lábios sorridentes, mas na de um coração que compreenda, de braços que confortem. Se a vida inteira for um imenso não, não pare você na busca do primeiro sim, ao qual tudo de positivo deverá seguir-se. Quando ninguém souber coisa alguma e você souber um pouquinho, seja o primeiro a ensinar.   Quando a terra estiver seca que sua mão seja a primeira a regá-la. Não atire a primeira pedra em quem erra. De acusadores o mundo esta cheio. Nem por outro lado, aplauda o erro, dentro em pouco a ovação será ensurdecedora. Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu. Sua atenção primeiro para aquele que foi esquecido, seja você o primeiro para aquele que não tem ninguém. Quando tudo for espinho atire a primeira flor, seja o primeiro a mostrar que há caminho de volta. Compreendendo que o perdão regenera, que a compreensão edifica, que o auxilio possibilita, que o entendimento reconstrói. Atire você, quando tudo for pedra, a primeira e decisiva flor...

 

publicado por pensamentoslucena às 10:06

Janeiro 13 2010

 

Hoje é o dia mais importante da tua vida. Não o sobrecarregues com lembranças dolorosas do ontem, nem com temores covardes do amanhã. Vive-o com entusiasmo e intensidade. Constrói tu mesmo tua vida. Não permitas que opiniões e erros alheios te conduzam ao fracasso. Irradia amor, cordialidade e simpatia. Nada guardes de teus tesouros espirituais, pois quanto mais deres, mais enriquecerás. Nada esperes receber dos outros.  Sê pontual, honesto e exigente contigo mesmo. Quem não se disciplina, desperdiça tesouros de energia física e mental e acaba por destruir-se. Cuida de teu corpo e de tua mente, conservando ambos sadios. Como os males de um se refletirão infalivelmente no outro, os dois merecem, por igual, teu cuidado. Tem paciência. Jamais duvide que a vitória pertence aos que sabem esperar o momento certo de agir.  Foge da extravagância e do desperdício. Os dois são próprios dos desequilibrados e o equilíbrio na vida é um bem estimável. Fazes diariamente uma avaliação de tua vida. Vê o que realmente importa e quais fardos inúteis te pesam! Livra-te deles para que não embaracem tua caminhada para um futuro pleno de realizações. Tomada uma decisão consciente e livre, jamais te afastes dela. Saber querer é a base para vencer.
 

publicado por pensamentoslucena às 09:37

Janeiro 13 2010

 

As dores da alma não deixam recados, imprimem uma sentença que perdura pelos anos. Um amor que acabou mal resolvido... Um emprego que se perdeu inexplicavelmente... Um casamento que mal começou e já terminou... Uma amizade que acabou com traição... Tudo vai deixando sinais, marcas profundas... Precisamos trabalhar as dores da alma, para que sirvam apenas de aprendizado, extraindo delas a capacidade de nos fortalecermos... aprendendo que o melhor de nós, ainda está em nós mesmos... Que amando-nos incondicionalmente descobrimos a auto-estima... Que se deixarmos seguir o caminho da dor e da lamentação, iremos buraco abaixo no caminho da depressão. As dores da alma não saem no jornal, não viram capa de revista... E só quem sente, pode avaliar o estrago que elas causam. Como não existe vacina para amores mal resolvidos, nem para decepções diárias, o que vale é a prevenção... Então... Ame-se para amar e ser verdadeiramente amado. Sorria para que o mundo seja mais gentil! Dedique-se para que as falhas sejam pequenas... Não se compare, você é único! Repare nas pequenas coisas, mas cuidado com as grandes que as vezes estão bem diante do nosso nariz e não enxergamos... Sonhe, pois o sonho é o combustível da realização. Tenha amigos e seja o melhor amigo de todos. Apaixone-se pela vida e por tudo o que é seu! Sinta o seu cheiro e acredite em seu poder de sedução... Estimule-se, contagie o mundo com o seu melhor... Creia em Deus pois sem Ele não há razão em nada! E tenha sempre a absoluta certeza de que, depois da forte tempestade, o arco-íris vai surgir e o sol vai brilhar ainda mais forte.

Paulo Roberto Gaefke

publicado por pensamentoslucena às 09:22

Janeiro 13 2010

Pense em alguém que seja poderoso... Essa pessoa briga e grita como uma galinha, ou olha e silencia, como um lobo? Lobos não gritam. Eles têm a aura de força e poder. Observam em silêncio. Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio. Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas. Exatamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos. Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis. Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota. Olhe. Sorria. Silencie. Vá em frente. Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar. Escolha qual desses momentos é o correto, mesmo que tenha que se esforçar para isso. Por alguma razão, provavelmente cultural, somos treinados para a (falsa) idéia de que somos obrigados a responder a todas as perguntas e reagir a todos os ataques. Não é verdade ! Você responde somente ao que quer responder e reage somente ao que quer reagir. Você nem mesmo é obrigado a atender seu telefone pessoal. Falar é uma escolha, não uma exigência, por mais que assim o pareça. Você pode escolher o silêncio. Além disso, você não terá que se arrepender por coisas ditas em momentos impensados, como defendeu Xenocrates, mais de trezentos anos antes de Cristo, ao afirmar: “ME ARREPENDO DE COISAS QUE DISSE, MAS JAMAIS DO MEU SILÊNCIO". Responda com o silêncio, quando for necessário. Use sorrisos, não sorrisos sarcásticos, mas reais. Use o olhar, use um abraço ou use qualquer outra coisa para não responder em alguns momentos. Você verá que o silêncio pode ser a mais poderosa das respostas. E, no momento certo, a mais compreensiva e real delas.

 

Aldo Novak

 

publicado por pensamentoslucena às 08:53
Tags:

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
16

17
22
23

24
25
30

31


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO