Pensamentos

Junho 16 2010

 

Um chef de cozinha encheu três panelas com água e colocou cada uma em fogo alto. Em uma delas ele colocou cenouras, numa outra ele colocou ovos e na última ele colocou pó de café. Cerca de vinte minutos depois, ele apagou o fogo, pegou os ovos e os colocou numa tigela, pegou as cenouras e as colocou num prato, pegou o café e o colocou numa xícara: As cenouras estavam macias… O ovo eurecera… E o café.... Todos eles haviam enfrentado a mesma adversidade: a água fervendo, mas cada um reagiu de maneira diferente! Então ele observou: A cenoura quando foi colocada na água, era firme e inflexível, mas, depois de ter sido submetida à fervura, amoleceu e tornou-se frágil. Quando os ovos foram colocados na água, eles eram frágeis, sua casca fina protegia seu interior, que era líquido. Mas depois de terem sido fervidos na água, seu interior tornou-se mais firme, endurecido. Com o pó de café, contudo, foi diferente: Depois de ter sido levado junto com a água ao fogo, ele a transformou! Qual desses três elementos você é quando a adversidade vem ao seu encontro? Você é... cenoura, ovo ou pó de café? Você é como o ovo, que possui um interior maleável, um espírito fluido, mas que, diante da adversidade, torna-se endurecido? Você é como a cenoura que parece forte, mas que, diante da adversidade, murcha, torna-se frágil e perde a força? Você é como o pó de café? O Café mudnda a água fervente, um elemento que lhe causa dor: quando a água chega ao ponto máximo de sua fervura, ele extrai o máximo de seu sabor e aroma! Que você seja como o pó de café… Que diante de uma dificuldade você seja capaz de reagir de forma positiva para poder transformá-la sem se deixar vencer pelas circunstancias... Que haja sabedoria nos seus momentos mais difíceis, para que você possa espalhar e irradiar o “Doce aroma do café”! E quando lhe convidarem para tomar um café, lembre-se dessa comparação! Procure ser CAFÉ, usando a hostilidade para modificar o sabor da vida com um aroma especial!”

publicado por pensamentoslucena às 10:25

Junho 15 2010

O amor maduro não é menor em intensidade. Ele é apenas quase silencioso. Não é menor em extensão. É mais definido, colorido e poetizado. Não carece de demonstrações: presenteia com a verdade do sentimento. Não precisa de presenças exigidas: amplia-se com as ausências significantes. O amor maduro somente aceita viver os problemas da felicidade. Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer. Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro. O amor maduro cresce na verdade e se esconde a cada auto-ilusão. Basta-se com o todo do pouco. Não precisa nem quer nada do muito. Está relacionado com a vida e a sua incompletude, por isso é pleno em cada Ninharia por ele transformada em paraíso. É feito de compreensão, música e mistério. É a forma sublime de ser adulto e a forma adulta de ser sublime e criança. O amor maduro não disputa, não cobra, pouco pergunta, menos quer saber. Teme, sim. Porém, não faz do temor, argumento. Basta-se com a própria existência. Alimenta-se do instante presente valorizado e importante, porque é redentor de todos os equívocos do passado. O amor maduro é a regeneração de cada erro. Ele é filho da capacidade de crer e continuar, é o sentimento que se manteve mais forte depois de todas as ameaças, guerras ou inundações existenciais com epidemias de ciúme. O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa. Ele vive do que não morreu mesmo tendo ficado para depois. Vive do que fermentou criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados cheios de sementes. Ele não pede, tem. Não reivindica, consegue. Não persegue, recebe. Não exige, dá. Não pergunta, adivinha. Existe, para fazer feliz. Só teme o que cansa, machuca ou desgasta.

publicado por pensamentoslucena às 13:44

Junho 15 2010

Não se sobrecarregues com lembranças dolorosas do ontem, nem com temores covardes do amanhã. Vive-o com entusiasmo e intensidade. Construa você mesmo sua vida. Não permita que opiniões e erros alheios te conduzam ao fracasso. Irradie amor, cordialidade e simpatia. Nada guarde seus tesouros espirituais, pois quanto mais deres, mais enriquecerás. Nada espere receber dos outros. Sua grande fonte de energia está em você mesmo! Utilize-a sem moderação e logo perceberá o quanto já é rico e forte. Seja pontual, honesto e exigente contigo mesmo. Quem não se disciplina, desperdiça tesouros de energia física e mental e acaba por destruir-se. Cuide de seu corpo e de sua mente, conservando ambos sadios. Como os males de um se refletirão infalivelmente no outro, os dois merecem, por igual, seu cuidado. Tenha paciência. Jamais duvide que a vitória pertence aos que sabem esperar o momento certo de agir. Jamais duvide da continuidade da vida! Fuja da extravagância e do desperdício. Os dois são próprios dos desequilibrados e o equilíbrio na vida é um bem estimável. Faça diariamente uma avaliação de sua vida. Vê o que realmente importa e quais fardos inúteis te pesam! Livra-te deles para que não embaracem tua caminhada para um futuro pleno de realizações. Tome uma decisão consciente, livre e jamais se afaste dela. Saber querer é a base para vencer.


Junho 15 2010

Ser feliz depende de nós Quando você olhar a sua volta; E achar que está sozinho; Que nada vale a pena... Olhe para dentro de você; Acorde suas lembranças; Lembre-se dos momentos bons; Que a vida lhe deu... Não está lá fora o que você procura... Mas dentro de você... O mundo dos outros; Não é seu mundo... Ser feliz é ter sintonia com DEUS. É saber amar... Saber viver cada dia; É saber olhar em sua volta E não enxergar os problemas; É dar um lindo sorriso e dizer... Obrigada meu DEUS por mais um dia... Obrigada pela vida; E pelo pão de cada dia; Obrigada por me ensinar que o amor; É mais do que um adjetivo; Mais do que um combustível Mais do que um ideal... Ser feliz depende de nós...!

publicado por pensamentoslucena às 12:42

Junho 15 2010

Um rei possuía um valioso diamante, o mais raro e perfeito do mundo. Um dia o diamante caiu de grande altura e um arranhão estragou sua face. O rei chamou os melhores peritos para corrigi-lo. Mas todos concordaram que não poderia retirar o arranhão sem cortar uma boa parte da superfície, reduzindo o seu peso e valor. Apareceu um artesão, pouco famoso, que falou: Tenho muito observado o maior artesão de todos e, com ele, muito aprendi. Posso lhe garantir que o repararei sem reduzir seu valor. Sua confiança era tanta que, o rei entregou o diamante a ele. O artesão retornou ao rei, que ficou surpreso ao descobrir que o arranhão tinha sumido e em seu lugar entalhada uma bela rosa. O arranhão tinha se tornado o talo da linda rosa! O rei, empolgado, falou: Belo trabalho. Quem é este grande artesão-mestre? E o artesão respondeu: Deus, o artesão da vida. Deus está sempre transformando nossos arranhões em algo de belo.

publicado por pensamentoslucena às 12:20

Junho 15 2010

Não nos é possível escapar das conseqüências de nossas ações e reações... Pois em princípio o que damos queremos também receber... E quando isso não acontece surge a decepção, a frustração, a mágoa, a tristeza e a sensação de desamor... Sim, vive o ser humano a angústia de que ao dar felicidade deve receber felicidade... Mas que se der tristeza, não deve receber tristeza e sim alegria e felicidade... E como em geral tudo em nossa vida, não é tão certo nem previsível, nem sempre a cada as qualidades e virtudes, de um, são devidamente valorizadas pelo outro... Sim, a vida não premia alguém por ser ou não ser o melhor, o mais inteligente, o mais dedicado, o mais correto, honesto ou justo... A vida abre portas e janelas cabendo, a cada um, a escolha de por onde vai entrar... Ou sair... E se alguns não alcançam o sonhado e desejado não se deve a destino ou a má sorte. Se deve a opções mal feitas ou erradas... A desvios que foram tomados e que os afastaram da estrada principal! Pois nem sempre a melhor trilha é aquela mais curta ou aquela que está revestida por um maravilhoso asfalto! E uma estrada de barro ou de areia pode, muitas vezes, ser o melhor caminho... Pois ela pode mostrar, a medida que se avança, que a paisagem, encontrada, é mais agradável e bela para os olhos... Sim, ser ou não feliz não depende dos astros! Depende apenas de nós, de nossas ações, reações, opções e decisões... De como valorizamos ou não pequenas coisas... Ou o homem ou a mulher que, num determinado momento, escolhemos como o melhor! Como aquele que queremos amar e ser amado! De como atuamos em relação a nós mesmos e aos outros... De como entendemos o que eles desejam e querem e de como nós agimos em relação ao que nós, também, desejamos e queremos... E mais nada!

 

FELICIDADE ROBERTO ROMANELLI MAIA

publicado por pensamentoslucena às 12:00

Junho 15 2010

Vc. já se deu conta da importância dos amigos em sua vida? Caso ainda não, basta observar algumas circunstâncias e perceberá que há momentos na vida que vc distinguirá muito bem os amigos verdadeiros. Pq qualquer um pode ficar ao seu lado quando vc está certo, mas o amigo verdadeiro permanece ao seu lado mesmo quando vc está errado. Um simples amigo espera que vc sempre esteja por perto quando ele precisar. O verdadeiro amigo deseja estar sempre por perto quando vc precisar dele. Um simples amigo ajuda-o a secar as lágrimas. O verdadeiro amigo faz de tudo para não deixá-las cair. Se você ainda não tinha se dado conta desses pequenos detalhes, comece agora e perceberá que quem tem amigos verdadeiros é possuidor de valiosíssimo tesouro. E acima de tudo, busque ser um verdadeiro amigo e não apenas tê-los a sua disposição. A amizade é o sentimento que une as almas umas às outras, gerando alegria e bem-estar.

publicado por pensamentoslucena às 11:39

Junho 15 2010

Diante dos problemas que me afligem a alma, respondo ao destino, se é que ele existe, com uma perseverança que às vezes até me assusta, e me pergunto: onde arrumei tamanha força? . Diante das lágrimas, ergo um muro que faz uma barreira contra o desânimo. Diante da dor, passo uma pomada de alegria, que remove até as feridas antigas. . Diante da solidão, divido meu amor com os mais necessitados. Diante da desilusão, crio novas amizades, que reforçam a minha crença em ser o melhor amigo. . Diante da dúvida, arrisco-me mais, seguindo aprendendo com meus próprios erros. Diante das calúnias, entrego a minha certeza diante dos que me caluniam. . Diante do ódio, levo meu perdão. Diante de Deus, ajoelho-me e peço muito pouco, afinal, mais tenho para agradecer, a começar pela vida e por essa convicção de que vale a pena ser vivida intensamente. . Os problemas? Ora, eles são o sal da Terra, o que nos motiva a lutar, e até nisso, damos Graças a Deus. . Diante do espelho, reconheça-se vencedor, digno, merecedor da vida e das alegrias que podemos conquistar. Diante da vida, assuma a atitude de quem já sabe que vai dar a volta por cima em cada nova dificuldade. . Diante do passado, guarde apenas as boas recordações, mas não viva delas, produza o dia de hoje. Diante do futuro, trabalhe mais ainda neste dia. Plante as sementes que você quer colher amanhã. . Diante do amor, viva-o intensamente, aproveite para ser feliz, enquanto a emoção tocar a sua alma, e nunca, nunca se esqueça de doar-se, de partilhar os seus sentimentos, mesmo que não te entendam, afinal de contas, dividir o amor é multiplicar emoções, somar vida e subtrair a solidão. Texto: Paulo Roberto Gaefke

publicado por pensamentoslucena às 11:20

Junho 15 2010

O que separa corações não é a distância, é a indiferença. Há pessoas juntas estando separadas por milhares de quilômetros e outras separadas vivendo lado-a-lado. Muitas vezes nos importamos com o que acontece no mundo, nos sensibilizamos e pensamos até em fazer alguma coisa, mas nos esquecemos do que se passa ao nosso lado, na nossa casa, na nossa família e mesmo na vizinhança. Colocamos, sem querer, barreiras entre os corações que nos cercam. A indiferença mata lentamente, anula qualquer sentimento; e assim criamos distâncias quando estamos tão próximos. As pessoas se habituam tanto àquelas que convivem com elas que elas passam a não notá-las mais, a não dar mais importância. Mas, se quisermos transformar o mundo, comecemos por transformar a nós mesmos. Se quisermos entrar em combates para melhorar algo para o futuro, que esse combate comece dentro da nossa própria casa. Precisamos olhar os que estão ao nosso lado sempre com olhos novos. Comunicar mais, destruir mais barreiras e construir mais pontes. Precisamos nos dar de coração a coração. A melhor maneira de acabar com a indiferença de uma pessoa em relação a nós é amá-la. O amor transforma tudo. Não permita que pessoas ao seu lado morram de solidão! Não permita que elas sintam-se melhor fora de casa que dentro dela! Dê atenção, dê do seu próprio tempo! Comunique-se! Assista menos televisão e converse mais. Riam juntos. Há quanto tempo você não diz para a pessoa que vive ao seu lado que gosta dela? A gente não recupera tempo perdido. Mas podemos decidir não perder mais. Vamos amar os corações que nos cercam e tentar alcançar novamente aqueles que se distanciaram. Há sempre tempo para se amar. E se não houvesse, o próprio amor seria capaz de inventar.

 

De Coração Para Coração Letícia Thompson

publicado por pensamentoslucena às 11:14

Junho 15 2010

“Pense nas pessoas que têm provocado a melhor impressão em você, e você irá perceber que são exatamente essas pessoas que têm tocado em alguma coisa realmente genuína em seu interior” - Peter Frankel.

 

Se você verdadeiramente deseja impressionar outras pessoas, busque impressioná-las com aquilo que elas são, e não com aquilo que você é. Trabalhe para retirar delas o que existe de melhor, e elas certamente irão também perceber o que existe de melhor em você. Os líderes mais fortes e saudáveis não são aqueles que exercem comando sobre outros, e sim os que habilitam outros a comandar. Os professores mais eficientes não são os que impõem seus conhecimentos, mas aqueles que contagiam seus estudantes com a paixão de aprender. Os mais bem-sucedidos vendedores não são os que manipulam seus clientes a fim de comprar seus produtos, mas aqueles que compreendem e satisfazem plenamente as necessidades dos seus clientes. Pense em alguém que você conhece, que respeita e admira de verdade, e aquela pessoa será alguém que irá retirar o melhor de você. Não importa qual seja a situação econômica ou a precariedade do mercado de trabalho; nunca haverá falta de oportunidade para as pessoas que encontram uma maneira de retirar o que existe de melhor em outras (Nélio DaSilva).

 

Para Meditação: “Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo” - Filipenses 2.3.

publicado por pensamentoslucena às 10:26

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: