Pensamentos

Outubro 23 2012

 

 

 

 

 

Um dia desses li em um adesivo colado no vidro traseiro de um veículo a seguinte advertência: "minha educação depende da tua"! Fiquei a imaginar qual seria o conceito de educação para quem pensa dessa forma. Ora, se nossa educação dependesse dos outros, certamente seria tão instável quanto a quantidade de pessoas com as quais nos relacionamos. Ademais, se assim fosse, não formaríamos jamais o nosso caráter. Seríamos apenas o resultado do comportamento de terceiros. Refletiríamos como se fôssemos um espelho. A educação é a arte de formar caracteres, e por conseguinte, é o conjunto de hábitos adquiridos. Assim sendo, como fica a nossa educação se refletir tão somente o comportamento dos outros como uma reação apenas? O verdadeiro caráter é forjado na luta, na luta por dominar as más tendências, por não revidar uma ofensa, por retribuir o mal com o bem. Um amigo tinha o costume de dizer: "bateu, levou!" Um dia perguntamos se ele admirava os mal-educados que tanto criticava. Imediatamente ele se posicionou em contrário. - É claro que eu não aprovo pessoas mal-educadas. Então questionamos outra vez: - Se não os admira, porque você os imita? Ele ficou um tanto confuso, pensou um pouco e respondeu: - É, de fato deveríamos imitar somente o que achamos bonito. Dessa forma, a nossa educação não deve jamais depender da educação dos outros, menos ainda da falta de educação dos outros. Todos os ensinamentos do Cristo, a quem a maioria de nós diz seguir, recomendam apresentar a outra face. Imaginemos se Jesus tivesse ensinado: "se alguém te bater numa face, esmurra-lhe a outra", ou então "faz aos outros tudo aquilo que não desejas que te façam". Nós certamente não O aceitaríamos como modelo a ser seguido. Assim sendo, lutemos por nos educar segundo os preceitos do Mestre de Nazaré, que diante dos momentos mais dolorosos de Sua vida manteve a calma e tolerou com grandeza todas as agressões sofridas. Não nos espelhemos nos que não são modelos nem de si mesmos. Construamos o nosso caráter com os exemplos nobres. Quando tivermos que prestar contas às leis que regem a vida, não encontraremos desculpas para a nossa falta de educação, nem poderemos jogar a culpa nos outros, já que Deus nunca deixou a Terra sem bons exemplos de educação e dignidade. .............................. Não adotemos os constumes comuns que nada tem de normais. O normal é cada um buscar a melhoria íntima com os recursos internos e externos que Deus oferece. As rosas, mesmo com as raízes mergulhadas no estrume, se abrem para oferecer ao mundo o seu inconfundível perfume. O sândalo, por ser uma árvore nobre, deixa suave fragrância impregnada no machado que lhe dilacera as fibras. Assim, nós também podemos dar exemplos dignos de serem imitados.

publicado por pensamentoslucena às 12:29

Outubro 23 2012

 

 

 

Siga Tranquilamente entre a inquietude e a pressa Lembrando-se que há sempre Paz no Silencio
Tanto quanto possível sem humilhar-se, viva em harmonia com todos que o cercam Fale a sua verdade Mansa e claramente e Ouça dos outros mesmo a dos insensatos e ignorantes, Eles também tem sua própria história
Evite as pessoas agressivas e transtornadas, elas afligem o nosso Espírito
Se vc se COMPARAR com os outros Vc se tornará presunçoso e magoado Pois haverá sempre alguém inferior e alguém superior a vc
Viva Intensamente o que já pode realizar Mantenha-se Interessado em seu trabalho Ainda que Humilde Ele é o que de Real existe ao longo de todo tempo 

Seja Gentil para Consigo Mesmo
Acima da falsidade dos desencantos e agruras O Mundo Ainda É Bonito Seja Prudente Faça Tudo Para Ser Feliz

publicado por pensamentoslucena às 12:09

Outubro 23 2012

 

 

 

Conta-se uma fábula sobre um homem que caminhava vacilante pela estrada,
levando uma pedra em uma das mãos e um tijolo na outra. Nas costas carregava
um saco de terra; em volta do peito trazia vinhas penduradas. Sobre a cabeça
equilibrava uma abóbora pesada.
Pelo caminho encontrou um transeunte que lhe perguntou:
- Cansado viajante, por que carrega essa pedra tão grande?
- É estranho, respondeu o viajante, mas eu nunca tinha realmente notado que
a carregava.
Então, ele jogou a pedra fora e se sentiu muito melhor. Em seguida veio
outro transeunte que lhe perguntou:
- Diga-me, cansado viajante, por que carrega essa abóbora tão pesada?
- Estou contente que me tenha feito essa pergunta, disse o viajante, porque
eu não tinha percebido o que estava fazendo comigo mesmo.
Então ele jogou a abóbora fora e continuou seu caminho com passos muito mais
leves. Um por um, os transeuntes foram avisando-o a respeito de suas
desnecessárias cargas. E ele foi abandonando uma a uma. Por fim, tornou-se
um homem livre e caminhou como tal.
Qual era na verdade o problema dele? A pedra e a abóbora? Não! Era a falta
de consciência da existência delas. Uma vez que as viu como cargas
desnecessárias, livrou-se delas bem depressa e já não se sentia mais tão
cansado.
Esse é o problema de muitas pessoas. Elas estão carregando cargas sem
perceber. Não é de se estranhar que estejam tão cansadas.
Temos que prestar atenção às cargas que roubam nossas forças e energia:
pensamentos negativos, falta de perdão, mágoa, ciúmes, sentimentos de
ódio, vingança, autopiedade.

Autor desconhecido
 
publicado por pensamentoslucena às 12:02
Tags:

Outubro 23 2012

 

 

 

A lagosta vai crescendo e chega em um  ponto em que tem  que trocar a carcaça  que a reveste. Livre dessa couraça,  enquanto aguarda a nova "roupa", fica totalmente vulnerável, mole, enfraquecida. Assim, durante alguns períodos da sua vida, ela vai ficar totalmente dependente do  meio em que vive.

 

Engraçado como nós também temos ciclos semelhantes,   em determinadas épocas das nossas vidas, sofremos alguns "golpes", que nos deixam totalmente indefesos,

sem resistência.

 

A dor, o ressentimento, a desilusão com algo ou alguém,

são sentimentos tão marcantes que nos deixam totalmente perdidos, por um período que varia de pessoa para pessoa, alguns se recuperam rapidamente e ficam mais fortes, como a lagosta quando recebe a nova casca, outros podem demorar uma eternidade...

 

O problema está nesse período em que  estamos "trocando de casca", ficamos vulneráveis demais e isso pode fazer com que um problema mais ou menos simples se transforme em uma tragédia,     é assim com o ciúme, com a decepção com as pessoas, com os relacionamentos que não dão certo, a morte de um ente querido, uma doença inesperada ou de nome difícil, ou mesmo aquela   escolha da faculdade errada, são situações que podem marcar a    sua vida por muito tempo.

 

Podemos seguir o exemplo da lagosta, que nesse tempo em que está fragilizada, sem a sua proteção,

ela busca de todas as formas se proteger,

preocupando-se apenas com a sua sobrevivência,

nada mais importa a não ser a sua preservação.

 

Muitas pessoas, quando estão fragilizadas acabam- se preocupando demais com os outros, com o que vão pensar, o que vão falar e descuidam- se de si mesmas, bate aquele desamor que não poderia aparecer em hora pior.

 

Se você está passando pela fase da "troca de casca",

está se sentindo fragilizado, abaixo da linha do chão, a receita é simples: apaixone-se por você, preserve- se,

fortaleça-se, espere a nova casca se formar, e saia dessa ainda mais forte. Acredite em você

publicado por pensamentoslucena às 10:59
Tags:

Outubro 23 2012

 

 

 

 

 

Ninguém cruza nosso caminho

por acaso e nós não entramos

na vida de alguém

sem nenhuma razão.

Há muito o que dar

e o que receber;

há muito o que aprender,

com experiências boas ou negativas.

 

Tente ver as coisas negativas

que acontecem com você

como algo que aconteceu

por uma razão precisa.

 

E não se lamente pelo ocorrido; além de não servir de nada reclamar, isso vai te vendar os olhos, dificultando assim, continuar seu caminho.

Quando não conseguimos tirar da cabeça

que alguém nos feriu, estamos somente

reavivando a ferida,tornando-a muitas

vezes bem maior

do que era no início.

 

Nem sempre as pessoas

nos ferem voluntariamente.

Muitas vezes

somos nós que nos sentimos

feridos e a pessoa nem

mesmo percebeu;

e nos sentimos

decepcionados

porque aquela pessoa

não correspondeu

às nossas expectativas.

E sabemos lá quais eram as nossas expectativas?

Nos decepcionamos e decepcionamos

outras pessoas também.

 

Mas, claro, é bem mais fácil pensar

nas coisas que nos atingem.

Quando alguém te disser que te magoou sem intenção,

Acredite nela!

Vai te fazer bem.

Assim, talvez,

ela poderá entender quando você,

sinceramente, disser que "foi sem querer".

Dê de você mesmo o quanto puder!

 

Seja bom, tente dar sempre o primeiro passo para a reconciliação, nunca negue uma ajuda ao seu alcance, perdoe e dê de você mesmo.

 

Viva de maneira honrada,

para que quando envelhecer,

você possa falar só coisas boas do passado

e sentir assim, prazer uma segunda vez...

E ter a certeza

de que quando

você se for,

muito de você

ainda fique

naqueles que

tiveram a boa

ventura de te encontrar.

publicado por pensamentoslucena às 10:49
Tags:

Outubro 23 2012

 

 

Já observou a atitude

dos pássaros ante às adversidades?

Ficam dias e dias fazendo seu ninho, recolhendo materiais, às vezes trazidos de locais distantes...

... E quando já ele está pronto e estão preparados para por os ovos, as inclemências do tempo ou  a ação do ser humano ou de algum animal destrói o que com tanto esforço se consegui...

O que faz o pássaro?

Pára,

abandona a tarefa?

De maneira nenhuma. Começa, uma outra vez, até que no ninho apareçam os primeiros ovos.

Muitas vezes, antes que nasçam os filhotes,  um animal, uma criança, uma tormenta,  volta a destruir o ninho, mas agora com seu precioso conteúdo...

Dói recomeçar do zero... Mas ainda assim o pássaro jamais emudece, nem retrocede, segue cantando  e construindo, construindo e cantando...

Já sentiu que sua vida, seu trabalho, sua família,  seus amigos não são o que você sonhou?

Tem vontade de dizer basta, não vale a pena o esforço, isto é demasiado para mim?

Você está cansado de recomeçar, do desgaste da luta diária, da confiança traída, das metas não alcançadas quando estava a ponto de conseguir?

Mesmo que a vida o golpeie mais uma vez,  não se entregue nunca, faça uma oração,  ponha sua esperança na frente e avance. Não se preocupe se na batalha seja ferido,  é esperado que algo assim aconteça. Junte os pedaços de sua esperança, arme-a  de novo e volte a ir em frente.

Não importa o que você passe...  Não desanime, siga adiante.

A vida é um desafio constante, mas vale a pena aceitá-lo. E sobretudo... Nunca deixe de cantar.

publicado por pensamentoslucena às 09:33

Outubro 23 2012

 

 

 

Siga a voz silenciosa do seu íntimo.
É a voz da consciência. Ela está recebendo as transmissões de Deus para você. Dê atenção a esta voz. Ela só lhe indica o bom caminho.
A consciência alerta-nos dos perigos da estrada. Avisa-nos quando queremos "avançar o sinal" do bem. Afere como estamos perante os outros. É Deus em nós, alertando, avisando, aferindo e sofrendo.
Não tente sufocar esta voz.
Como sua maior amiga, ela não se cala jamais. Obedecer à voz da consciência é obedecer a Deus.
 
Lourival Lopes. Extraído de Gotas de esperança
 
 
publicado por pensamentoslucena às 09:30

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
20

21
27

28


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO