Pensamentos

Novembro 12 2012

 

 

 

 

 

Nunca diga que algo é impossível... As coisas são no máximo improváveis Mas nunca impossíveis!

Não desperdice nenhuma chance de sua vida; Afinal, a sorte não bate todo dia á nossa porta. Tenha discernimento para saber o que é certo e o que é errado.

Seja humilde E fiel sempre....

Seja com um amigo, alguém especial ou com um objetivo não importa!

Devemos "correr" atrás de nossos sonhos; Porque sem eles não chegamos a lugar nenhum.

A vida é bela e as esperanças nunca devem acabar; Assim como não deve acabar o amor que existe dentro de nós.

Saiba sobreviver às tristezas.

Saiba se erguer após cada queda; E saiba amar sem medo... Ame de corpo e alma... Mesmo que depois esse amor acabe.

Aproveite cada momento; Cada segundo do seu viver!

Não tenha ódio por ninguém, Toda vez que você passar por algum momento difícil, Erga sua cabeça, Olhe para o céu e diga: Tenho fé na vida e tudo vai dar certo!

 

Autor desconhecido

publicado por pensamentoslucena às 11:36

Novembro 12 2012

 

 

 

 

 Quando tudo for pedra... atire a primeira flor. Quando tudo parecer caminhar errado,seja você a tentar o primeiro passo certo. Quando a terra estiver seca que sua mão seja a primeira a regá-la. Se a porta estiver fechada de você venha a primeira chave. Se o vento sopra frio, que o calor de sua lareira seja a primeira proteção e primeiro abrigo. Não atire a primeira pedra em quem erra. De acusadores o mundo esta cheio. Nem por outro lado, aplauda o erro, dentro em pouco a ovação será ensurdecedora. Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu. Sua atenção primeiro para aquele que foi esquecido, seja você o primeiro para aquele que não tem ninguém. Quando tudo for espinho atire a primeira flor, seja o primeiro a mostrar que há caminho de volta. Compreendendo que o perdão regenera, que a compreensão edifica, que o auxilio possibilita, que o entendimento reconstrói. Atire você, quando tudo for pedra, a primeira e decisiva flor...

 

 

 Autoria: Rosemary Saldanha

publicado por pensamentoslucena às 11:16

Novembro 12 2012

 

 

 

 

 

 

Um homem e uma mulher vivem uma intensa relação de amor, e depois de alguns anos se separam, cada um vai em busca do próprio caminho, saem do raio de visão um do outro. Que fim levou aquele sentimento? O amor realmente acaba? O que acaba são algumas de nossas expectativas e desejos, que são substituídos por outros no decorrer da vida. As pessoas não mudam na sua essência, mas mudam muito de sonhos, mudam de pontos de vista e de necessidades, principalmente de necessidades. O amor costuma ser amoldado à nossa carência de envolvimento afetivo, porém essa carência não é estática, ela se modifica à medida que vamos tendo novas experiências, à medida que vamos aprendendo com as dores, com os remorsos e com nossos erros todos. O amor se mantém o mesmo apenas para aqueles que se mantém os mesmos. Se nada muda dentro de você, o amor que você sente, ou que você sofre, também não muda. Amores eternos só existem para dois grupos de pessoas. O primeiro é formado por aqueles que se recusam a experimentar a vida, para aqueles que não querem investigar mais nada sobre si mesmo, estão contentes com o que estabeleceram como verdade numa determinada época e seguem com esta verdade até os 120 anos. O outro grupo é o dos sortudos: aqueles que amam alguém, e mesmo tendo evoluído com o tempo, descobrem que o parceiro também evoluiu, e essa evolução se deu com a mesma intensidade e seguiu na mesma direção. Sendo assim, conseguem renovar o amor, pois a renovação particular de cada um foi tão parecida que não gerou conflito. O amor não acaba. O amor apenas sai do centro das nossas atenções.

Não é o sentimento que se esgota, somos nós que ficamos esgotados de sofrer, ou esgotados de esperar, ou esgotados da mesmice. Paixão termina, amor não. Amor é aquilo que a gente deixa ocupar todos os nossos espaços, enquanto for bem-vindo, e que transferimos para o quartinho dos fundos quando não funciona mais, mas que nunca expulsamos definitivamente de casa.

publicado por pensamentoslucena às 10:45

Novembro 12 2012

 

 

 

 

Celebra tua vida Celebra a alegria de fazer anos de esperança. Conta teus anos não pelo tempo, mas pelo espaço que fazes em teu coração. Não pela amargura de uma dor, mas pela ressurreição que ela traz. Não pelo número de troféus de tuas conquistas, mas pelo gosto de aventura em tuas buscas. Não pelas vezes que chegaste, mas pelas vezes que tiveste coragem de partir. Não pelos frutos que colheste, mas pelo terreno que preparaste e as sementes que lançaste. Não pela quantidade dos que te amam, mas pela medida de teu coração, capaz de amar a todos. Não pelas desilusões que tiveste, mas pela esperança que infundiste. Não pelos anos que fazes, mas por aquilo que fazes em teus anos. Não pelas vezes que celebraste aniversário, mas pelas vezes que teu aniversário se tornou uma celebração de vida.

publicado por pensamentoslucena às 10:24

Novembro 12 2012

 

 

 

Na nossa vida devemos dar carinho e amor àquelas pessoas especiais. Carinho é o óleo que lubrifica as engrenagens da vida. Cada um recebe de acordo com o que dá. Se você der ódio e indiferença, há de recebê-los de volta. Mas se der atenção e carinho, há de ver-se cercado de afeto e amor. As feridas da alma são curadas com carinho, atenção e paz. Para fugir dos espinhos deste mundo enganador, penso no amor. O carinho edifica alicerces da casa, a fim de que, mais tarde, as provas necessárias da vida possam chegar. Nada exite sem amor.  Que o sussurrar do vento deixe sempre em seus pensamentos a mensagem do amor verdadeiro.

publicado por pensamentoslucena às 10:02

Novembro 12 2012

 

 

 

Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas...” As pérolas são feridas curadas. Pérolas são produtos da dor; resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia. Na parte interna da concha é encontrada uma substância lustrosa chamada NÁCAR. Quando um grão de areia a penetra, as células do NÁCAR começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda pérola vai se formando. Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada... Você já se sentiu ferido(a) pelas palavras rudes de alguém? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse? Suas idéias já foram rejeitadas, ou mal interpretadas? Você já sofreu os duros golpes do preconceito? Já recebeu o troco da indiferença? ENTÃO, PRODUZA UMA PÉROLA!!! Cubra suas mágoas com várias camadas de amor. Infelizmente, são poucas as pessoas que se interessam em melhorar, curar-se. A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos, deixando as feridas abertas, alimentando-as com vários tipos de sentimentos pequenos e, portanto, não permitindo que cicatrizem. Assim, na prática, o que vemos são muitas "Ostras Vazias”, não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em amor. Um sorriso, um olhar, um gesto, na maioria das vezes fala mais que mil palavras! Lembre-se disso.

publicado por pensamentoslucena às 09:42

Novembro 12 2012

 

 

 

"O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma dos homens, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar com passos de ganso rumo à miséria e morticínios. Criamo-nos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, nos transformou em seres empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade; mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido." (Charles Chaplin)

publicado por pensamentoslucena às 09:33
Tags:

Novembro 12 2012

 

 

Não podemos entrar na modernidade com o atual fardo de preconceitos. À porta da modernidade precisamos de nos descalçar. “Sete Sapatos Sujos” que necessitamos de deixar na soleira da porta dos tempos novos. Primeiro Sapato A ideia de que os culpados são sempre os outros. Segundo Sapato A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho. Terceiro Sapato O preconceito de que quem critica é um inimigo. Quarto Sapato A ideia de que mudar as palavras muda a realidade. Quinto Sapato A vergonha de ser pobre e o culto das aparências. Sexto Sapato A passividade perante a injustiça . Sétimo Sapato A ideia de que, para sermos modernos, temos que imitar os outros.

publicado por pensamentoslucena às 09:05

Novembro 12 2012

 

 

 

 

Bom dia para você!

Toc...toc...toc...!!

Bom dia!! Eu sou o dia, vim te acordar!

Espreguice...abra a janela! Deixe-me entrar

Sorria!! Sou um novo dia, vim te recepcionar!

Me inspire...me aspire!! Me aceite, me abrace...Trago-te uma nova

esperança

Namore o horizonte...veja minhas cores, escute meus sons!

Assobie com os pássaros...dance com as nuvens gordinhas!

Ligue o som, cante uma canção!

Inicie tua jornada! Sou tua benção!!

Saia otimista para o trabalho...cumprimente o vizinho!

 Leve a paz no olhar e um sorriso nos lábios

Espere algo bom acontecer!

Sou seu presente...sou o dia!

Bom dia para você!!

publicado por pensamentoslucena às 08:59

Novembro 12 2012

 

 

Ouse sonhar... pois, os sonhadores vêem o amanhã. Ouse fazer um desejo, pois desejar abre caminhos para a esperança e ela é o que nos mantém vivos. Ouse buscar as coisas que ninguém mais pode ver. Não tenha medo de ver o que os outros não podem. Acredite em seu coração e em sua própria bondade, pois, ao fazê-lo, outros acreditarão nisso também. Acredite na magia, pois a vida é cheia dela, mas, acima de tudo, acredite em si mesmo... porque dentro de você reside toda a magia... da esperança, do amor e dos sonhos de amanhã...

publicado por pensamentoslucena às 08:42

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO