Pensamentos

Novembro 29 2012

 

 

 

Há pessoas que têm um medo muito grande de errar. Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver. Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente \"travadas\" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião. Pessoas assim estão fadadas ao fracasso.

Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre.

Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos. É preciso ter a coragem de errar. Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer. Lembre-se: Só não erra quem não faz!

 

 

 Autoria - Prof. Luiz Marins

publicado por pensamentoslucena às 11:25

Novembro 29 2012

 

 

Que hoje sua luz brilhe mais que seus medos, que apague suas sombras, que ilumine toda sua vida... Que o seu amor seja mais forte que sua solidão e que assim ela deixe de ser sua... Que sua esperança floresça e traga pra si renovo, te encha de paz, transbordando em ti. Que você possa ver com teus olhos a doçura da vida, a imensidão do azul... Que o sol te faça sorrir... Que você sinta DEUS ao teu lado... Que você esqueça da batalha que perdeu, pois é insignificante diante da guerra que DEUS te ajudará vencer... Hoje começa sua nova vida... Olhe para o céu e agradeça!!!

 

(autoria desconhecida)

publicado por pensamentoslucena às 10:49
Tags:

Novembro 29 2012

 

 

SER GRANDE É ......

 

... aprender a ser cuidadoso...

... Saber ser elegante...

... Saber brincar sem magoar os outros...

... Saber aceitar as diferenças...

... Saber usar a sua grandeza em benefício de todos...

... Saber baixar-se para ver o melhor ângulo...

... não usar o tamanho para envergonhar os outros...

... Saber que o equilíbrio é importante...

... Saber amar o que é ainda maior...

... Saber divertir-se com amigos de todos os tamanhos...

... não se importar de ficar na sombra para que todos possam aparecer...

publicado por pensamentoslucena às 10:05

Novembro 29 2012

 

 

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada por aproximadamente cinco anos, exceto um lento desabrochar de um diminuto broto a partir do bulbo. Durante cinco anos, o crescimento é subterrâneo, Invisível a olho nu. mas uma maciça e fibrosa estrutura de raiz que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, ao final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros. Um escritor americano escreveu: "Muitas coisas na vida pessoal e profissional São iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e às vezes não vê nada por semanas, meses ou anos. Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu quinto ano chegará, e com ele virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava... “ O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos e de nossos sonhos... ” Em nosso trabalho especialmente, que é um projeto fabuloso, que envolve mudanças de comportamento ,de pensamento, de cultura e de sensibilizações, devemos sempre lembrar do bambu chinês para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão. Procure cultivar sempre dois bons hábitos em sua vida: a persistência e a paciência, pois você merece alcançar todos os seus sonhos. “ É preciso muita fibra para chegar às alturas , e ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão ”

publicado por pensamentoslucena às 09:26

Novembro 29 2012

 

 

 

Nos dias atuais, devido aos acontecimentos infelizes que assolam o planeta, é muito comum ouvir as pessoas dizerem: O mundo está perdido!

Mas o mundo não está perdido. O mundo está na mais perfeita harmonia. O sol cumpre sistematicamente o seu papel, sem alarde.

A Terra oferece todos os recursos da sua intimidade, que possibilitam a vida das criaturas, em constante harmonia.

Portanto, o mundo não está perdido. O homem é que está perdido.

O homem é que se esquece da sua condição de filho de Deus e se debate na busca de ilusões que mais o distanciam da felicidade almejada, o ser humano se atormenta nas trevas, e acaba se precipitando nos despenhadeiros dos mais variados vícios.

Olhamos o mundo através das nossas lentes embaçadas pelo pessimismo e dizemos, alarmados: O mundo está perdido.

Se encontramos uma rosa no caminho, logo perguntamos: E o estrume, onde está o estrume?

Mas aqueles que têm os olhos lubrificados pela fé contemplam o equilíbrio do mundo.

Seus passos são ligeiros e decididos, pois a confiança em Deus os sustenta com o otimismo.

Se na caminhada encontram estrume, logo perguntam: E a rosa, onde está a rosa?

São pessoas assim que mudam o ambiente. Que fazem luz onde as sombras teimam em sobressair.

Sua confiança no Criador do Universo é, de tal forma, grandiosa, que jamais se deixam cair nas malhas do amolentamento ou do desânimo.

São pessoas que não reclamam do mundo, mas fazem do mundo, a cada dia, um mundo melhor.

Por isso, o mundo não está perdido...

O ser humano é que se perdeu por se distanciar do seu Criador...

Por se sentir o senhor do mundo...

Por relegar a segundo plano os valores morais...

Por se obstinar em construir sua felicidade pisando sobre as costas do próximo...

Quando o homem abrir os olhos, sair da casca do egoísmo e retirar a capa do orgulho, verá que o mundo tem um colorido diferente...

Enxergará as belezas naturais com que o Criador enfeitou a Terra e se deslumbrará diante do perfeito equilíbrio que impera em todo o Universo.

*   *   *

 

publicado por pensamentoslucena às 09:06

Novembro 29 2012

 

 

 

 

As perguntas mais freqüentes, no ambiente de trabalho, geralmente são: "Quem é o culpado?", "Quem fez isso?", "Quem foi?

E assim passamos os dias, sempre à procura de culpas e de culpados... No entanto, dizem a razão e o bom senso, que melhor seria encontrar a solução do problema e depois buscar as causas, sempre com intuito de evitar que ocorra novamente.

 O que geralmente ocorre é que as pessoas acusam-se reciprocamente em vez de avaliar a atividade e envidar esforços para fazer o melhor. Existem, também, as pessoas imaturas, que levam tudo para o campo pessoal e melindram-se quando ouvem críticas ao seu trabalho. É importante considerar tudo isso e começar a agir com maturidade em prol da atividade, e para o bem de todos.

O ser humano é naturalmente experimentador, inovador, ousado. Quando reprimido, torna-se falso, dissimulado, propenso a sabotar o trabalho dos outros. Quando ouvido, valorizado, considerado, orientado, liberta sua criatividade e produz coisas belas e nobres.

Pense nisso e aja de forma madura com seus pares. Você cresce e os outros também. Afinal, a vida é um aprendizado constante. E só cresce quem tem humildade para aprender, discernimento para ensinar e, sobretudo, coragem de renovar atitudes para melhor.

publicado por pensamentoslucena às 08:47

Novembro 29 2012

 

 

 

Não existe amor perfeito, se o coração não é perfeito. Amor não se pesa, não se mede, não se avalia. Não se dá, não se perde, não se rouba. O amor sozinho é suficiente a si mesmo. O que nos resta é a nossa capacidade para entendê-lo, acolhê-lo e tomarmos conta dele sem que possamos alterá-lo na nossa vida de alguma forma. O amor se oferece a nós gratuitamente, como todo dom. Mas questionamos sempre. E tropeçamos nas nossas pernas tentando moldá-lo ao nosso jeito, à nossa visão, à nossa vontade como se ele fosse uma coisa qualquer que pudesse ser modificada. Somos pequenos e o amor é grande; somos pequenininhos e o amor é imenso, rico, cheio de mistérios e felicidades que nem podemos imaginar que existam. E perdemos o amor porque perdemos a razão dele. Perdemos, porque perdemos o senso de nos contentar com o que ele pode nos oferecer. Perdemos, porque exigimos demais, cobramos demais, sufocamos demais. Ser feliz no amor é guardar a capacidade de vê-lo feliz. Se fazemos dos nossos braços uma prisão em nome do amor, a quem fazemos feliz? Com nossa insaciável sede de querer ter sempre mais do que a vida nos oferece acabamos sem nada, porque não soubemos valorizar o pouco, mas verdadeiro, que recebemos. Jogamos fora com nossas mãos o que nelas foi colocado para ser bênção. E tudo isso porque somos humanos, seres feridos e cheios de cicatrizes, sangrados e machucados pelos percalços da vida. Mas quando a gente ama muito uma pessoa precisa aprender a deixar a própria dor de lado de vez em quando para estar do lado da pessoa que a gente ama, principalmente se sabemos que essa pessoa está ferida também. E não é bom questionar o amor, mas vivê-lo; porque o amor em si, mesmo imperfeito, já é um presente sem preço.

 

(Leticia Thompson)

publicado por pensamentoslucena às 08:38

Novembro 29 2012

 

 

 

Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas deixam as suas marcas num ir e vir infinito. As que permanecem... é porque simplesmente doaram seus corações para entrar em sintonia com a nossas almas. As que se vão... nos deixam um grande aprendizado... Não importa que tipo de atitude tiveram, mas com elas aprendemos muito. Com as vaidosas e orgulhosas aprendemos que devemos ser humildes... Com as carinhosas e atenciosas aprendemos a ter gratidão... Com as duras de coração aprendemos a dar o perdão... Com as pessoas que passam pelas nossas vidas aprendemos também a Amar e de várias formas... com amizade com dedicação com carinho com atenção com atração com paixão ou com desejo... Mas nunca ninguém nos ensinou e nunca aprenderemos como reagir diante da "SAUDADE" que algumas pessoas deixaram em nós. "Com o tempo você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou mulher da sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você..." "O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis..."

publicado por pensamentoslucena às 08:19
Tags:

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO