Pensamentos

Fevereiro 25 2013

 

 

 

Aprenda a começar e a recomeçar.

Talvez chegue ao fim da luta cheio de cicatrizes, mas estas se transformarão em luzes, diante do aprendizado que Deus está te passando.

E lembre-se que a arte de viver começa a ser percebida quando aprendemos a desembrulhar os presentes que a vida nos oferece e quando conseguimos presentear com sentimentos perceptíveis os seres que amamos.

publicado por pensamentoslucena às 12:24

Fevereiro 25 2013

 

 

 

 

 

Não é fácil reconhecer e aceitar a“diversidade humana”.

Homens e mulheres são diferentes, pensam de maneira diferente e agem de forma diferente.

Jovens e adultos são diferentes, pensam de forma diferente e agem de maneira diferente.

A verdade é que todas as pessoas são diferentes e isso é simplesmente irritante e às vezes inaceitável para pessoas egocêntricas.

As pessoas têm base genética diferente; formação e educação diferentes; histórias de vida diferentes; cresceram e se desenvolveram em meio-ambientes diferentes.

Os “modelos” sobre os quais construímos nossos conceitos de certo e errado também foram diferentes para cada um de nós.

Os próprios conceitos de “ética” e mesmo“moral” podem ser um pouco “diferentes” de pessoa para pessoa.

Umas mais rígidas, outras mais“relativistas”.

O fato é um só– não há duas pessoas iguais!

Assim, temos que aprender a conviver, respeitar e até utilizar para a nossa vida – pessoal e profissional – as diferenças individuais.

Nesta semana, pense na diversidade humana.

A riqueza da sociedade está justamente na diferença entre as pessoas.

O que seria do azul, se todos gostassem do amarelo? – diz o ditado popular.

E assim, na empresa, na família, na vida, tente fazer um esforço para respeitar as pessoas como elas são – diferentes de você!

publicado por pensamentoslucena às 12:02

Fevereiro 25 2013

 

 

 

 

Pessoas sonham por liberdade, mas aprisionam pássaros.

Pessoas sonham por igualdade, mas alimentam diferenças.

Pessoas sonham por pacificidade, mas criam guerras.

Só sonhar não adianta nada se não temos ação.

Entramos em contradição.

Deus nos deu o dom do pensamento.

Pratique o bem para evitar o sofrimento.

Faça a mudança do nosso mundo, começando a mudar seu interior.

Encontre seus defeitos para corrigi-los.

Seja maduro corrigindo seus erros; a maturidade se alcança com humildade.

Você precisa domar seu egoísmo.

No jardim da mente plante a bondade; deseje o bem para ser abençoado, e do céu cairá frutos da felicidade.

A luz que cura está na consciência.

Se você pode refletir será capaz de mudar; pensar em mudar é o primeiro passo.

A mudança não acontecerá em um só dia, a mudança não dependerá de uma só pessoa; precisamos de todos os dias e todas as pessoas.

Se imortalizar é ter filhos faça um mundo melhor para eles.

Com amor ensine as crianças que somos todos iguais e com fins diferentes.

Todos seres têm sua finalidade; sempre respeite a todos para todos vivermos em harmonia.

Em algum lugar não distante alguém precisa da sua mão.

Você pode salvar vidas.

O milagre está no seu coração; mantenha acesa a vela da esperança.

Com fé faça essa mudança.

Nosso mundo está chorando para enxugar suas lágrimas.

Precisamos do dedo da mudança.

publicado por pensamentoslucena às 11:22
Tags:

Fevereiro 25 2013

 

 

 

 

O amor nunca deveria fazer ninguém chorar, portanto, cada pessoa um dia já chorou por amor.

Chorou por não ter, por não conquistar, por perder ou por não saber guardar.

horamos todos os sonhos que tivemos e por não querer perder a razão, desfizemos.

Assim é o amor, a vida, as histórias de muitos corações.

A conquista do outro não pede tanto esforço, pois o amor por si mesmo aproxima, independente da simpatia, beleza ou dons intelectuais.

As pessoas amam e amam-se, amam e não sabem o porquê.
O trabalho mais árduo do amor é dar continuidade a ele quando os depois chegam.

É preciso que ele seja verdadeiro, infinitamente bonito para resistir quando caírem as máscaras, quando os problemas quebrarem os sonhos e os dois não saberem como irão recolá-los. É nessas horas que ele chora, desiste, acaba ou persiste.
O verdadeiro amor caminha de pés no chão, enfrenta o frio, dá cobertor, divide problemas e continua inteiro, mesmo se o coração está em pedaços.

Ele espera, pacientemente, a hora bendita em que o dia amanhecerá novamente e trará os sonhos com ele.
Letícia Thompson

 

 

publicado por pensamentoslucena às 10:28

Fevereiro 25 2013

 

 

 

 

Era uma vez, um sábio e seu discípulo.

Em suas andanças, avistaram um casebre de extrema pobreza onde vivia um homem, uma mulher, 3 filhos pequenos e uma vaquinha magra e cansada.

Com fome e sede o sábio e o discípulo pediram abrigo e foram recebidos.

O sábio perguntou como conseguiam sobreviver na pobreza e longe de tudo.

- O senhor vê aquela vaca ? - disse o homem.

Dela tiramos todo o sustento.

Ela nos dá leite que bebemos e transformamos em queijo e coalhada.

Quando sobra, vamos à cidade e trocamos por outros alimentos.

O sábio agradeceu e partiu com o discípulo.

Nem bem fizeram a primeira curva, disse ao discípulo : - Volte lá, pegue a vaquinha, leve-a ao precipício ali em frente e atire-a lá em baixo.

o discípulo não acreditou.

Como pode ser tão ingrato ?

A vaquinha é tudo o que eles têm.

Se a vaca morrer, eles morrem!

O sábio, apenas respirou fundo e repetiu a ordem : - Vá lá e empurre a vaquinha.

Indignado porém resignado, o discípulo assim fez.

Alguns anos se passaram e o discípulo sempre com remorso. Num certo dia, moído pela culpa, abandonou o sábio e decidiu voltar àquele lugar.

Queria  pedir desculpas.

Ao fazer a curva da estrada, não acreditou no que seus olhos viram.

No lugar do casebre desmazelado havia um sítio maravilhoso, com árvores, piscina, carro importando, antena parabólica.

O coração do discípulo gelou.

Decerto, vencidos pela fome, foram obrigados a vender o terreno e ir embora.

Aproximou-se do caseiro e perguntou se ele sabia o paradeiro da família que havia morado lá.

- Claro que sei.

Você está olhando para ela. Incrédulo, o discípulo afastou o portão, deu alguns passos e reconheceu o mesmo homem de antes, só que mais forte, altivo.

Espantado, dirigiu-se ao homem e disse :

O que o senhor fez para melhorar de vida em tão pouco tempo ? O homem olhou para o discípulo, sorriu e respondeu : - Nós tínhamos uma vaquinha, de onde tirávamos o nosso sustento.

Era tudo o que possuíamos, mas um dia ela caiu no precipício e morreu.

Para sobreviver, tivemos que fazer outras coisas, desenvolver habilidades que nem sabíamos que tínhamos.

E foi assim, buscando novas soluções, que hoje estamos muito melhor que antes.

- Moral da história : às vezes é preciso perder para ganhar mais adiante.

É com a adversidade que exercitamos nossa criatividade e criamos soluções para os problemas da vida.

Muitas vezes é preciso sair da acomodação, criar novas idéias e trabalhar com amor e determinação.

publicado por pensamentoslucena às 10:14

Fevereiro 25 2013

 

 

 

 Às vezes, fico me perguntando porque é tão difícil ser transparente...

Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros.

Mas ser transparente é muito mais do que isso.

É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que sente...

Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir muros...

Ser transparente é permitir que a doçura aflore, transborde...

Mas, infelizmente, a maioria decide não correr esse risco.

Preferimos a dureza da razão à leveza reveladora da fragilidade humana.

Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam da alma...

Preferimos nos perder numa busca por respostas a simplesmente Admitir que não sabemos nada e que temos medo!

Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção.

E assim, vamos nos afundando em falsas palavras, atitudes, em falsos sentimentos...

Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar...

A doçura, a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós...

Uma saudade desesperada de nós mesmos, daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar...

Porque aprendemos que isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro!

Quando, na verdade, agir com o coração, poupa a dor...

Sugiro que deixemos explodir toda a doçura! Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis!

Chega de tentar controlar tanto...

Responder tanto...

Competir tanto...

Tente simplesmente viver, sentir e amar.

publicado por pensamentoslucena às 09:24

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
16

17
23

24


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO