Pensamentos

Outubro 23 2013

 

 

 

Você já observou um elefante no circo?

Durante o espetáculo, o enorme animal faz demonstrações de força descomunal.

Mas, antes de entrar em cena, permanece preso, quieto, contido somente por uma corrente que aprisiona uma de suas patas a uma pequena estaca cravada no solo.

A estaca é só um pequeno pedaço de madeira.

E, ainda que a corrente fosse grossa, parece óbvio que ele, capaz de derrubar uma árvore com sua própria força, poderia, com facilidade, arrancá-la do solo e fugir.

Por que o elefante não foge?

O elefante do circo não escapa porque foi preso à estaca ainda muito pequeno.

Naquele momento, o elefantinho puxou, forçou, tentando se soltar, e, apesar de todo o esforço, não pôde sair.

A estaca era muito pesada para ele.

E o elefantinho tentava, tentava e nada. Até que um dia, cansado, aceitou o seu destino: ficar amarrado na estaca, balançando o corpo de lá para cá, eternamente, esperando a hora de entrar no espetáculo.

Então, aquele elefantinho tornou-se um elefante enorme que não se solta porque acredita que não pode.

Para que ele consiga quebrar os grilhões é necessário que ocorra algo fora do comum, como um incêndio por exemplo.

O medo do fogo faria com que o elefante em desespero quebrasse a corrente e fugisse.

Isso muitas vezes acontece com as pessoas!

Vivem acreditando em um montão de coisas “que não podem ter”, “que não podem ser”, “que não vão conseguir", simplesmente porque, quando eram crianças e inexperientes, algo não deu certo ou ouviram tantos “nãos” que “a corrente da estaca” ficou gravada na memória com tanta força que perderam a criatividade e aceitaram o “sempre foi assim”.

Poderíamos dizer que o "fogo" para as pessoas poderia ser: a perda de um emprego, doença de alguém próximo sem que se tenha dinheiro para fazer o tratamento, ou seja, algo muito grave que as fizesse sair da zona de conforto.

No entanto, não é necessário, e nem a melhor solução, esperar que o circo pegue fogo para libertarmos o nosso verdadeiro potencial, pois a limitação só existe na mente...

publicado por pensamentoslucena às 11:49

Outubro 23 2013

 

Poema de Rui Barbosa, transcrito a seguir, é de  uma impressionante atualidade.  

 

Sinto Vergonha de Mim.

Sinto vergonha de mim por ter batalhado sempre pela justiça, por compactuar com a honestidade, por primar pela verdade e por ver este povo já chamado varonil enveredar pelo caminho da desonra.

Sinto vergonha de mim por ter feito parte de uma era que lutou pela democracia, pela liberdade de ser e ter que entregar aos meus filhos, simples e abominavelmente, a derrota das virtudes pelos vícios, a ausência da sensatez no julgamento da verdade, a negligência com a família, célula-mater da sociedade, a demasiada preocupação com o "eu" feliz a qualquer custo, buscando a tal "felicidade" em caminhos eivados de desrespeito para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim pela passividade em ouvir, sem despejar meu verbo, a tantas desculpas ditadas pelo orgulho e vaidade, a tanta falta de humildade para reconhecer um erro cometido, a tantos "floreios" para justificar atos criminosos, a tanta relutância em esquecer a antiga posição de sempre "contestar", voltar atrás e mudar o futuro.

Tenho vergonha de mim pois faço parte de um povo que não reconheço, enveredando por caminhos que não quero percorrer...

Tenho vergonha da minha impotência, da minha falta de garra, das minhas desilusões e do meu cansaço.

Não tenho para onde ir pois amo este meu chão, vibro ao ouvir meu Hino e jamais usei a minha Bandeira para enxugar o meu suor ou enrolar  meu corpo na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

Ao lado da vergonha de mim, tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!

"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto".

publicado por pensamentoslucena às 11:29

Outubro 23 2013

 

 

 
 
O menino olhava a avó escrevendo uma carta.
A certa altura, perguntou: - O que a senhora está fazendo, vó?
A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto: - Estou escrevendo esta carta.
Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando.
Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.
O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!
- Tudo depende do modo como você olha as coisas.
Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo.
"Primeira qualidade: você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade".
"Segunda qualidade: de vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor."
"Terceira qualidade: o lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça".
"Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você."
"Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca.
Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação".
publicado por pensamentoslucena às 11:11
Tags:

Outubro 23 2013

 

 

 

Todos os Momentos de Nossas Vidas, tem um significado e Nada Acontece Por Acaso.

As vezes, não damos muita importância para o que está acontecendo a nossa volta, e deixamos a felicidade escapar por entre os dedos.

Talvez por medo de enfrentar a realidade.

Porque a Felicidade, fica ali tão visível, que achamos que trata-se de algo desconhecido e a deixamos passar.

Mas temos que tomar cuidado, pois o tempo passa sem ao menos percebemos, e quando nos dermos conta, pode ser tarde demais.

Por isso, nunca deixe escapar das mãos, aquele momento de paz, alegria, ou aquela pessoa do qual você se sente bem ao lado dela.

Lute, Busque, Siga Em Frente.

Vá Atrás, Do Que Há De Melhor Para Você!

publicado por pensamentoslucena às 10:43
Tags:

Outubro 23 2013

 

 

 

 

Um garoto de onze anos a cada oportunidade que surgia, ia pescar com seu pai em meio a um lago.

A temporada de pesca só começaria no dia seguinte, mas pai e filho saíram no fim da tarde para pegar apenas peixes cuja captura estava liberada. O menino amarrou uma isca e começou a pescar.

Quando o caniço vergou, o pai olhou com admiração, enquanto o garoto habilmente, e com muito cuidado, erguia o peixe exausto da água.

Era o maior que já tinha visto, porém sua pesca só era permitida na temporada.

O garoto e o pai olharam para o peixe, tão bonito.

O pai, então, acendeu um fósforo e olhou para o relógio.

Pouco mais de dez da noite...

Ainda faltavam quase duas horas para a abertura da temporada.

Em seguida, olhou para o peixe e depois para o menino, dizendo:

- Você tem que devolvê-lo, filho!

- Mas, papai, reclamou o menino.

- Vai aparecer outro, insistiu o pai.

- Não tão grande quanto este, choramingou a criança.

O garoto olhou à volta do lago.

Não havia outros pescadores ou embarcações à vista.

Voltou novamente o olhar para o pai.

Mesmo sem ninguém por perto, sabia, pela firmeza em sua voz, que a decisão era inegociável.

Devagar, tirou o anzol da boca do enorme peixe e o devolveu à água escura.

Naquele momento, o menino teve certeza de que jamais pegaria um peixe tão grande quanto aquele.

Hoje, o garoto é um profissional bem-sucedido e ele leva seus filhos para pescar no mesmo local.

Sua intuição estava correta.

Nunca mais conseguiu pescar um peixe tão maravilhoso como o daquela noite.

Porém, sempre vê o mesmo peixe todas as vezes que depara com uma questão ética.

Porque, como o pai lhe ensinou, a ética é simplesmente uma questão de CERTO e ERRADO.

Agir corretamente, uando se está sendo observado, é uma coisa.

A ética, porém, está em agir corretamente quando ninguém está nos observando. Essa conduta reta só é possível quando, desde criança, aprendeu-se a devolver PEIXE À ÁGUA.

A boa educação é como uma moeda de ouro: TEM VALOR EM TODA PARTE.

publicado por pensamentoslucena às 10:11

Outubro 23 2013

 

 

 
Você aprende que estar com alguém só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde você irá querer voltar ao passado...
Com o tempo... Você se dará conta que casar só porque "está sozinho(a)", é uma clara advertência de que o seu matrimônio será um fracasso...
Com o tempo... Você compreende que só quem é capaz de lhe amar com os seus defeitos, sem pretender mudar-lhe, é que pode lhe dar toda a felicidade que deseja...
Com o tempo... Você se dará conta de que se você está ao lado de uma pessoa só para não ficar sozinho(a), com certeza uma hora você vai desejar não voltar a vê-la...
Com o tempo... Você se dará conta de que os amigos verdadeiros valem mais do que qualquer montante de dinheiro...
Com o tempo... Você entende que os verdadeiros amigos se contam nos dedos,
Com o tempo... Você aprende que Ser Feliz é a melhor maneira de se Viver...
publicado por pensamentoslucena às 09:48

Outubro 23 2013

publicado por pensamentoslucena às 09:41

Outubro 23 2013

 

 

 

 

Não espere o sofrimento para dar valor a alegria...

Não espere o futuro para valorizar o presente...

Não espere a saudade para reconhecer que ama...

Não espere o vazio para entender a profundidade dos sentimentos...

Não espere a morte para valorizar a vida de alguém na sua vida!

Não espere pela ira, para lutar por seus sonhos...

Não espere pelo fim, para reconhecer a importância do primeiro passo...

Não espere o desespero para entender a paz...

Não espere um olá, para dizer algo...

Não espere dos outros, aquilo que só você têm...

Não espere passar o tempo, para reconhecer o valor de cada momento...

Não espere a derrota para reconhecer o valor das tuas vitórias pessoais...

Não espere ofender, para pedir perdão...

Não espere cair no fundo do poço , para pedir ajuda...

Esse é o momento de ser feliz...

Chega de tentar e persistir nos mesmos erros, você é único...

E ninguém pode vencer suas lutas pessoais...

Portanto, levante a cabeça: olhe para frente e vença seus medos, Lute pelos seus sonhos....

Ame, arrisque, e renove-se, porque o presente começa agora: Por VOCÊ!!!

publicado por pensamentoslucena às 09:11

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
26

27


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO