Pensamentos

Abril 03 2014

 

 

É preciso compreender que não é a crise que nos encontra, somos nós que a
produzimos. Isso se dá porque não fluímos bem nos movimentos da mudança, nesse
rio sem fim, que costumamos chamar de vida.

A mudança é o ritmo no qual o
mundo caminha e só há um jeito de se dar bem com ela, aprendendo a mudar também.
O maior paradoxo, a contradição mais coerente da mudança é que é preciso mudar
para ser quem se é. É preciso deixar de ser quem não somos, de fazer o que não
queremos e viver o que não gostamos. Se olharmos atentamente nossa realidade,
vamos perceber que muitas coisas em nosso dia a dia se encaixam nessa definição
que é contrária à nossa natureza.

É urgente nos armarmos de coragem e
irmos a busca de nós mesmos. É prioritário definir o que vamos fazer com o tempo
que nos foi dado. É fundamental acordarmos do sono ilusório da realidade para
vivermos na prática o sonho que nos comove. A crise é apenas um sinal na estrada
dizendo que é hora de rever o caminho. Vá em busca de si mesmo e não tenha medo
dos desafios e das incertezas, pois as asas só aparecem quando o chão
desaparece.

(texto de Dulce Magalhães)

 

publicado por pensamentoslucena às 13:30

Abril 03 2014

 

 


Não há nenhum sentido em disputar um jogo que você não está interessado em vencer.
Faça com que sua vida e suas expectativas sejam reflexos profundamente pessoais daquilo que é realmente importante para você.
O que você realmente deseja?
Qual é a meta pela qual vale a pena lutar e que está de acordo com sue modo de ser?
Não invista em um objetivo por mera competição, pela expectativa que os outros têm em relação a você, ou por um modelo que lhe impuseram quando criança.
Deixe o vizinho, o amigo, o parente com sua casa, seu carro, seu estilo de vida, e procure persistentemente descobrir o que você quer.
Tenha consciência de que as imposições externas são contínuas e cruéis, e cuida de si com o maior carinho.
Faça o mesmo com seus filhos: descubra como é cada um, e ajude-os a crescer desenvolvendo suas características únicas, em vez de apresentar-lhes um modelo esteriotipado.
Não valorize as pessoas pelo que têm, mas pelo que são, e você aprenderá a respeitar-se no que possui de fundamental, o que lhe dará muita paz.
Os objetivos são essenciais para que as pessoas se orientem no mundo e para que alcancem a satisfação na vida.
Buscar objetivos de acordo com as próprias características aumenta as chances de que os objetivos atingidos contribuam de modo positivo para a satisfação na vida.
(texto de David Niven, do livro “100 Segredos das pessoas felizes”)
publicado por pensamentoslucena às 13:01

Abril 03 2014

 

 

 

“Um velho miserável e pão-duro, que praticamente passava fome, morreu com um
milhão de dólares debaixo do colchão?”. Aí vem a pergunta: “Se é preciso dar
para receber, o que aconteceu neste caso?”

Aí eu respondo: seu saldo
bancário não é a medida de sua abundância. Abundância é aquilo que circula em
sua vida. A prosperidade é um fluxo: dar e receber. Se você tem uma fortuna
depositada na Suíça e não a usa, esse dinheiro não o está enriquecendo.
Tecnicamente é seu, mas na realidade você não “recebe” nada dele. Esse dinheiro
não o torna abundante e podia muito bem pertencer a outra pessoa. Portanto, o
princípio de dar e receber continua valendo mesmo assim.

Em poucas palavras: o macete consiste em dar sem querer nada em troca. Se você espera um
retorno, está fixado no resultado – e quando nos fixamos no que quer que seja,
pouca coisa acontece. E não devemos gozar das nossas posses pessoais? Claro que
sim! Basta Ter certeza de que é você que as possui, e não elas a você.

(texto de Andrew Matthews, do livro “Siga seu coração”)

publicado por pensamentoslucena às 12:09
Tags:

Abril 03 2014

 

 

 

 

Sem paixão, o trabalho vira apenas rotina e não algo realizador. Quantas pessoas
você conhece que trabalham, trabalham e não saem do lugar? Quanta gente passa
anos na mesma empresa e no mesmo cargo, só cumprindo o expediente de forma
burocrática e sem paixão? Quantos empreendedores perdem a capacidade de inovar
por se contentar com o que já conquistaram? Aí está a legião dos descontentes...
Você não vai querer entrar nesse time, vai?
Então, comece desde já a planejar
a sua vida. Mas saiba que planejar significa estipular objetivos e
correlacioná-los de tal forma que seja, de fato, possível e viável alcançá-los.
Planejar é saber transformar o sonho em realidade. Se não for assim, não é
planejamento, é só desejo.

(por Luiz Fernando Garcia – Gente que faz – ed. Gente)

publicado por pensamentoslucena às 12:04

Abril 03 2014

 

 

Não se sinta culpado em pensar em si próprio. Se quer colaborar com o mundo, comece por você
Eu estava dentro do avião, prestes a decolar, e pela milionésima vez escutava a orientação do comandante: "Em caso de despressurização da cabine, máscaras cairão automaticamente a sua frente. Coloque primeiro a sua e só então auxilie quem estiver a seu lado". E a imagem no monitor mostrava justamente isso, uma mãe colocando a máscara no filho pequeno, estando ela já com a dela.
É uma imagem um pouco aflitiva, porque a tendência de todas as mães é primeiro salvar o filho e depois pensar em si mesma. Um instinto natural da fêmea que somos, todas. Mas a orientação dentro dos aviões tem lógica: como poderíamos ajudar quem quer que seja estando desmaiadas, sufocadas, despressurizadas?
Isso vem de encontro a algo que sempre defendi, por mais que pareça egoísmo: se quer colaborar com o mundo, comece por você.
Tem gente à beça fazendo discurso e reclamando em nome dos outros, mas mantém a própria vida desarrumada. Trabalham naquilo que não gostam, não se esforçam para manter uma relação de amor prazerosa, não cuidam da própria saúde, não se interessam por cultura e informação e estão mais propensos a rosnar do que a aprender. Com a cabeça assim minada, vão passar que tipo de tranqüilidade adiante? Que espécie de exemplo? E vão reivindicar o quê?
Quer uma cidade mais limpa, comece pelo seu quarto e seu banheiro. Quer mais justiça social, respeite os direitos da empregada que trabalha na sua casa. Um trânsito menos violento, é simples: avalie como você mesmo dirige. E uma vida melhor para todos? Pô, ajudaria muito colocar um sorriso neste rosto, parar de praguejar, encontrar soluções viáveis para seus problemas, dar uma melhorada em você mesmo. Tudo o que nos acontece é responsabilidade nossa, tanto a parte boa como a parte ruim da nossa história, salvo tragédias pessoais e abandonos sociais. E, mesmo entre os menos afortunados, há os que viram o jogo, ao contrário dos que viram uns chatos.
Antes de falar mal da Caras, pense se você mesmo não anda fazendo muita fofoca. Coloque sua camiseta pró-ecologia, mas antes lembre-se de não jogar lixo na rua e nem de usar o carro desnecessariamente. Uma coisa está relacionada com a outra: você e o universo. Quer salvá-lo? Garanta-se primeiro. Não se sinta culpado em pensar em si próprio. Cuide da sua saúde. Arrume o que é seu. Agora sim, estando quite consigo mesmo, vá em frente e mostre aos outros como se faz.
(texto de Martha Medeiros, publicado no Jornal Zero Hora - 23/setembro/2007)
publicado por pensamentoslucena às 11:46

Abril 03 2014

 

 

 

 

Além do mal que faz ao organismo, a hostilidade traz prejuízos psicológicos. Um
deles é o mal-estar que provoca nos relacionamentos; todos procuram evitar o
contato com pessoas "estouradas" ou, se isso é inevitável, "pisam em ovos" para
não arranjar encrenca.

Muitas vezes, a própria pessoa se isola, o que aumenta a
solidão, a carência, o sentimento de rejeição e... provoca mais hostilidade
ainda.

É um círculo vicioso. Muito prejuízo para nenhum ganho...

A maneira mais eficaz de mudar a atitude de uma pessoa, mesmo que ela esteja
agindo de forma negligente ou com má vontade, é a empatia e paciência... Deixar
de lado a hostilidade não significa ser complacente e passivo. Se você não
concorda com uma atitude, exponha sua posição, reclame, exija... mas sem raiva,
sem hostilidade – só assim você vai obter do outro uma mudança real de atitude
para que o problema se resolva.

(texto do Prof. Gretz no livro "Vida com Qualidade")

publicado por pensamentoslucena às 11:21

Abril 03 2014

 

 

 

 

“O pensamento gera hábitos, que promovem atitudes, que provocam ações, que
determinam acontecimentos”.

Pode-se dizer que a nossa realidade é resultado dos
pensamentos dominantes da nossa mente, assim como nossas ações e reações
dependem da nossa maneira de ver o mundo.

Forma-se, então, uma cadeia
interligada de pensamento-ação- acontecimento. É por isso que, se temos medo

de uma situação, ela está presente em
nosso pensamento, gerando nossas ações e promovendo acontecimentos relacionados
ao nosso temor. Por isso, se temos pavor das adversidades, se não as enfrentamos
como algo normal e natural da vida, elas não vão sumir – pelo
contrário.

O melhor a fazer é sempre imaginar que temos uma vida
tranqüila e feliz. Assim, quando os obstáculos realmente aparecerem, podemos ser
capazes de olhar para eles com um espírito sereno e encará-los como
eventualidades que fazem parte da vida. E a dificuldade, que poderia ser vista
como uma montanha íngreme, passa a ser uma colina ultrapassável.

(artigo adaptado - de Liane Alves, no site da Revista Vida Simples)

publicado por pensamentoslucena às 10:57

Abril 03 2014





O famoso pintor do século XVII da dinastia Ming, Chou Yung, conta uma história que mudou o seu comportamento para sempre.

Numa tarde de inverno ele foi visitar uma cidade que ficava do outro lado do rio. Levava alguns livros e documentos importantes e tinha contratado um menino para ajudá-lo.

Quando a balsa estava se aproximando da outra margem do rio, Chou Yung perguntou ao barqueiro se teriam tempo de chegar à cidade antes que os portões se fechassem, visto que estavam a um quilometro e meio de distância e anoitecia.

O barqueiro olhou para o menino, e para o pacote mal amarrado com os livros e documentos – “Sim”, ele respondeu, “se não se apressarem.”

Mas quando eles começaram a caminhar, o sol já estava se pondo.

Temendo ficar presos do lado de for a da cidade, à mercê dos bandidos da região, Chou e o menino apertaram o passo, disparando finalmente numa corrida.

De repente, o barbante que segurava os documentos se rompeu e os papéis se espalharam pelo chão.

Os dois levaram alguns minutos para refazer o pacote e quando chegaram aos portões da cidade já era tarde.

 

Quando você se apressa por medo ou impaciência, cria uma série de problemas que exigem conserto, e acaba levando muito mais tempo do que se tivesse ido com calma.

Os apressados podem ocasionalmente chegar mais rápido, mas os papéis se espalham voando por todos os cantos, novos perigos surgem, elês se vêem em constantes crises, consertando problemas criados por eles mesmos.

Às vezes, não agir diante do perigo é a melhor coisa a fazer - você espera, deliberadamente se acalma.

Com o passar do tempo, acabam se apresentando oportunidades que você nem imaginou serem possíveis.

(do livro: “As 48 leis do poder” – Robert Greene / Joost Elffers)
publicado por pensamentoslucena às 10:30
Tags:

Abril 03 2014

 



 





"A única possibilidade de viver um grande amor, um amor de verdade, é cultivando essa qualidade de amor internamente.

Não tem outra ordem, outro jeito, um atalho ou uma exceção.

Todos nós só nos tornamos capazes de abrir portas para uma história de amor quando já vivenciamos dentro de nós exatamente esse sentimento.

O engano, portanto, nem é o de desejar encontrar alguém com quem se possa experimentar uma das trocas mais sublimes e enriquecedoras que podemos viver.

O engano está no fato de continuar apostando que é o outro quem traz os ingredientes necessários.

A forma nasce por si só, do encontro entre uma combinação mágica de dois serem diferentes e complementares.

Mas cada qual precisa contribuir com sua parte, com suas qualidades, escolhas, atitudes e sentimentos.

Como ímã que atrai metal. Não atrai papel, nem plástico. Atrai metal.

Assim é com quem quer viver um relacionamento que valha a pena.

Quanto mais autêntico, quanto mais coerente com o que sente, quanto mais perto de sua essência você estiver, mais satisfatória será a sua vida, com ou sem uma história de amor em andamento.

Simplesmente no seu caminho, no seu tempo, com a sua verdade!

E, sobretudo, com o amor que sempre foi, é e sempre será seu!"

 

Rosana Braga
publicado por pensamentoslucena às 10:11

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
18
19

20
21
26

27


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO