Pensamentos

Julho 25 2012

 

 

 

 

 

 

Se você quer alguma coisa, dê-a! Não parece um despropósito?
É mais fácil conseguir o que se quer abrindo mão de parte do que já se tem. Quando um agricultor quer mais sementes, pega as que tem e entrega-as à terra. Quando você quer um sorriso, oferece o seu. Quando quer afeto, dá afeto. Quando ajuda as pessoas, elas o ajudam.

Se a fixação e o apego excessivo impedem o fluxo de coisas boas para a sua vida, talvez a atitude oposta seja o desprendimento: o de entregarmos uma coisa que valorizamos muito. O que você dá tende a voltar a suas mãos...

Seu saldo bancário não é a medida de sua abundância. Abundância é aquilo que circula em sua vida. A prosperidade é um fluxo: dar e receber. Se você tem uma fortuna depositada na Suíça e não a usa, esse dinheiro não o está enriquecendo. Tecnicamente é seu, mas na realidade você não "recebe" nada dele. Esse dinheiro não o torna abundante e podia muito bem pertencer a outra pessoa.  

 

Em poucas palavras: dê sem querer nada em troca. Se você espera um retorno, está fixado no resultado - e quando nos fixamos no que quer que seja, pouca coisa acontece. E não devemos desfrutar das nossas posses pessoais? Claro que sim! Basta ter certeza de que é você que as possui, e não são elas que possuem você.

 

Andrew Matthews

publicado por pensamentoslucena às 13:10

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
21

22
28

29


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO