Pensamentos

Agosto 16 2012

 

 

 

 

Conta-se que, há muito tempo, um sábio e habilidoso homem, prestava serviços de secretário a um poderoso Rei.

Todos o buscavam a fim de obter as mais variadas orientações e conselhos.O sábio homem os atendia sempre com paciência e bondade.Esclarecia a alguns, dava conselhos a outros.

Procurava destruir as superstições e crendices dos fracos e ignorantes, mostrando-lhes que nenhuma relação poderá existir, pela vontade de Deus, entre os números e as alegrias, tristezas e angústias do coração.

E procedia dessa forma, guiado por elevado sentimento de altruísmo, sem 
visar lucro ou recompensa.

Certa vez um mercador, empunhando um papel cheio de números e contas, veio queixar-se de um sócio a quem tratava de ladrão miserável e outros qualificativos não menos insultosos. O sábio tentou acalmar o ânimo exaltadíssimo do homem e chamá-lo ao caminho da mansidão.

Aproximou-se e falou-lhe calmamente.

- Acautelai-vos contra os juízos arrebatados pela paixão, porque esta desfigura muitas vezes a verdade. Aquele que olha por um vidro de cor, vê todos os objetos da cor desse vidro: se o vidro é vermelho, tudo lhe parece rubro; se é amarelo, vê tudo amarelado. A paixão está para nós como a cor do vidro para os olhos. Quando alguém nos agrada, é fácil desculpar; se, ao contrário, nos aborrece, condenamos ou interpretamos de modo desfavorável.

A seguir, examinou com paciência as contas e descobriu nelas vários enganos que desvirtuavam os resultados. O sábio certificou-se de que o homem, havia sido injusto para com o seu sócio, e  o homem, tão encantado ficou com a maneira inteligente e conciliadora do sábio, que saiu dali com o coração modificado.

Muitas vezes o nosso ponto de vista nos permite perceber apenas uma face deturpada da realidade.Não é raro acreditar cegamente em equívocos, graças ao nosso orgulho exacerbado e ao nosso velho egoísmo.

Antes de adotar qualquer postura de confronto ou de sofrimento, é necessário abandonar os "vidros coloridos" que utilizamos para ver e analisar o mundo e as pessoas.

A imparcialidade perante a vida é uma posição que devemos buscar incansavelmente, a fim de garantir aos nossos atos, palavras e pensamentos, 
a justiça que desejamos encontrar nos outros.

 

publicado por pensamentoslucena às 12:55

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
18

19
25

26


links
pesquisar
 
blogs SAPO