Pensamentos

Outubro 03 2014

 

Pahóm, um peregrino queria a todo custo, ter seu próprio pedaço de terra.
- Se eu tiver terra suficiente, eu não terei medo de nada, dizia ele.

E apareceram oportunidades para que Pahóm obtivesse mais e mais terra. Mas ele nunca se satisfazia,
e resolveu mudar-se para as regiões desabitadas do interior da Rússia nessa sua busca incessante.

Lá, o chefe da região lhe deu um desafio enorme.

Ele poderia começar a caminhar de manhã e poderia ficar com a terra que
ele conseguisse circular até o entardecer.

Ele saiu ao amanhecer e, motivado por ganância, tentou circular uma enorme extensão de floresta.

Ele chegou trôpego ao ponto inicial no final do dia, exausto.
Quando suas mãos tocaram a linha de chegada, ele caiu no chão.

Pahóm estava morto!

Tolstoi concluiu com estas palavras:
“Do topo de sua cabeça até seus calcanhares, 1m90cm de
terra, era tudo que ele precisava”.

Quando estamos obcecados com a aquisição de ben, estamos escolhendo o
caminho errado.

Nosso objetivo maior deve ser dar, não obter.
Afinal, o que levamos desta vida?

Não que não devamos lutar para ter conforto, aproveitar a vida de forma equilibrada, mas obsessão é errar o alvo, pois nos rouba o tempo que podemos gastar com as pessoas importantes da nossa vida porque estamos “correndo atrás do vento”.

publicado por pensamentoslucena às 07:31

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
18

19
25

26
27


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO