Pensamentos

Janeiro 30 2015

untitled.png

 

O vaga-lume fazia voltas e voltas em torno de si mesmo, no encanto de seu próprio brilho. 

E voava e voava e brilhava e brilhava e pensava e pensava:

– Haverá, em toda a mata, outro como eu? 

– Pobres irmãos inferiores, eu vim para protegê-los das trevas. Vocês, grilos de asas cinzentas e sem brilho, formigas que trabalham e suam sem um instante de luz e fulgor, mariposas que por serem sem brilho, míseras lagartas imitadores de acordeões sem som.
E voou mais alto e se comparou às estrelas:
Sou uma de vocês, irmãs! Pisco no céu, como vocês! Faço parte da constelação da selva.

Foi descendo de novo quando, súbito sentiu uma puxada de ar que o envolvia, algo pegajoso que o segurava e logo estava fechado numa atmosfera nojenta e escorregadia. Sua luz iluminou um pouco a escuridão intensa e ele viu, em volta, centenas de insetos, apertados uns contra os outros, num cubículo úmido e sujo.

Uma lesma sonolenta, levantou a cabeça e gritou com voz rouca e irritada:
Se não fosse você, com essa mania de iluminação noturna, o sapo-boi jamais teria nos engolido no escuro.

O mais importante não é mostrar para os outros as suas qualidades, e sim, saber utilizá-las em benefício de um bem comum.

O momento mais perigoso da vida de uma pessoa é exatamente quando ela se mostra segura demais.

Humildade é uma virtude que deve ser praticada 24 horas por dia, sete dias por semana.

publicado por pensamentoslucena às 10:39

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
24

25
31


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO