Pensamentos

Outubro 03 2014

 O palhaço que colore o rosto para poder fazer rir seu semelhante, por que se assim não fizesse, se não escondesse o rosto, não conseguiria, no seu íntimo, a alegria contagiante de ser ele mesmo.

Nós assim agimos, quando a empreitada exige que utilizemos nosso ser verdadeiro, que sejamos transparentes, autênticos.

Colocamos nossas máscaras e qual “heróis”, enfrentamos tudo e resolvemos as situações, protegidos pelo “papel” que representamos. Quando poderemos ser autênticos, transparentes, verdadeiros e “desmascarados”? Quando nos aceitarmos, quando nos enxergarmos como somos, no estágio em que estamos. Quando admitirmos a ideia de que ainda somos imperfeitos.

Quando exigirmos de nós mesmos a supremacia que não temos. Quando humildemente nos vermos como criaturas amadas, cujo compromisso é somente viver autenticamente suas experiências e voltar para “casa” mais maduros, enriquecidos, crescidos.

Nada do que hoje privilegiamos nos será cobrado, mas muito do que negligenciamos teremos que prestar contas.

publicado por pensamentoslucena às 08:40

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
18

19
25

26
27


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO