Pensamentos

Novembro 29 2012

 

 

 

Há pessoas que têm um medo muito grande de errar. Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver. Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente \"travadas\" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião. Pessoas assim estão fadadas ao fracasso.

Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre.

Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos. É preciso ter a coragem de errar. Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer. Lembre-se: Só não erra quem não faz!

 

 

 Autoria - Prof. Luiz Marins

publicado por pensamentoslucena às 11:25

Maio 14 2012

 

 

Há pessoas que têm um medo muito grande de errar. Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver. Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente \"travadas\" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião. Pessoas assim estão fadadas ao fracasso. O tempo dos \"mornos\" realmente acabou. Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre. Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos. É preciso ter a coragem de errar. Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer. Lembre-se: Só não erra quem não faz! Autoria - Prof. Luiz Marins, Ph.D.
publicado por pensamentoslucena às 11:07

Abril 20 2012

 

 

 


Há pessoas que têm um medo muito grande de errar.
Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver.
Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente \"travadas\" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião.
Pessoas assim estão fadadas ao fracasso. Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre.
Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos.
É preciso ter a coragem de errar.
Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer.
Lembre-se:
Só não erra quem não faz!

publicado por pensamentoslucena às 13:00

Dezembro 05 2011

 

 

 

Há pessoas que têm um medo muito grande de errar. Esse medo faz com que elas acabem deixando de fazer muitas coisas, de participar, de lutar, de se envolver. Às vezes, o medo de errar é tão grande que essas pessoas ficam literalmente \"travadas\" e nem sequer se sentem confortáveis ao emitir uma opinião. Pessoas assim estão fadadas ao fracasso. O tempo dos \"mornos\" realmente acabou. Hoje é preciso decidir, fazer, tentar, participar, descer do muro e assumir posições com coragem, lealdade e confiança. Pessoas que não se envolvem, não participam, nada fazem e, portanto, nunca erram, são hoje avaliadas como medíocres e, hoje, ninguém tem o direito de ser medíocre. Errar, não só é humano como necessário. O crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem se fazem muito mais através da análise de nossos erros do que pelo louvor de nossos acertos. É preciso ter a coragem de errar. Gostaria de sugerir que você fizesse uma auto-análise de seu comportamento com relação ao medo de errar, de fazer. Lembre-se: Só não erra quem não faz! Autoria - Prof. Luiz Marins, Ph.D.
publicado por pensamentoslucena às 11:01

Pensamentos, reflexões e otimismo para seu dia!!!
mais sobre mim
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


links
pesquisar
 
blogs SAPO